Virando a página

Livro aberto
Foto: Pixabay
Compartilhe!

O ato de virar a página traz uma nova energia: a da ação.

O que antes lhe doía profundamente não lhe afetará mais e você poderá reiniciar sua trajetória.

Você sentirá confiança e entusiasmo.

Este é o momento de repensar a vida e é possível que você tenha descoberto outros potenciais e habilidades, o que é essencial num mundo em profunda transformação.

Aliás, essa é a melhor dica para o profissional do futuro: seja o mais generalista que puder.

Abra os horizontes. Aumente o seu conhecimento.

Não pare de estudar e se aperfeiçoar, nunca! As pessoas viverão mais e inevitavelmente precisarão trabalhar e ter uma renda por mais tempo.

Independentemente da área de atuação ou do setor da economia, a inovação faz parte do dia a dia de qualquer profissional.

Há uma confusão entre tecnologia e inovação.

Apesar da tecnologia ser uma constante na vida das pessoas ela por si só não gera inovação. A inovação de fato acontece quando a tecnologia consegue gerar valor percebido para o outro.

Nesse contexto, o profissional inovador é aquele capaz de produzir valor para as pessoas, a partir de necessidades e dificuldades humanas.

Ser inovador significa saber pensar e agir de forma estratégica.

Para ser inovador, um profissional precisa ter domínio tanto de uma habilidade intuitiva, quanto analítica.

Em uma economia cada vez mais centrada em experiências, negócios somente irão prosperar se forem capazes de entregar uma experiência de consumo relevante do início ao fim.

Não basta entregar um produto ou serviço, é preciso entregar uma solução que transforme a vida das pessoas.

Em um mundo cada vez mais multidisciplinar, horizontal e colaborativo, pessoas e organizações precisarão saber liderar de uma nova forma.

É possível que nessa altura você tenha também deixado de acreditar em alguns antigos dogmas que devem ter lhe amaldiçoado em algum momento.

A idade é um deles. Existe mais dificuldade, é verdade.

Mas isso também serve para quem não se adaptar ao novo e isso independe da idade. Existem muitos jovens obsoletos e sem iniciativa e muitas pessoas maduras produzindo como nunca.

Segundo um artigo de Silvio Eduardo Andrade (Executivo Senior de Estratégia Digital), publicado no LinkedIn, não são os jovens de 20 anos que estão mudando o mundo com suas startups.

E sim os acima de 40 anos. Nos Estados Unidos, a maioria das startups é fundada por pessoas acima dos 40 anos, inclusive as mais bem sucedidas apresentam fundadores nessa faixa de idade.

A verdade é que a experiência, a sabedoria e o entendimento de mercado desses profissionais mais velhos são de extrema importância para os executivos mais novos.

As empresas que vêm demitindo esse perfil de colaboradores terão que repensar essa estratégia em algum momento. A própria sociedade irá demandar essa postura mais inclusiva e responsável.

Outro ponto que vem aterrorizando os profissionais de hoje é a questão da tecnologia.

Muitos empregos vão desaparecer por conta da robotica e da inteligência artificial, mas outros serão criados e os profissioanis que acompanharem a evolução do mundo, aperfeiçoando-se constantemente, encontrarão outras oportunidades.

O fato é que a inteligência artificial (I.A.) já é uma realidade muito mais presente em nossas vidas do que possamos imaginar e vamos sempre nos adaptando.

Patrick Pedreira considera que os riscos para os empregos existem, mas são menores do que foi alarmado: “Uma previsão feita pela Universidade de Oxford, divulgada em um relatório em 2013, apontava que cerca de 47% dos empregos dos Estados Unidos e 35% do Reino Unido estavam bastante ameaçados e tinham um alto risco de serem automatizados nos 20 anos seguintes. Em outras regiões do mundo o risco era igualmente alto ou até mesmo bem mais alto: o maior risco era nas principais economias emergentes, como a China e a Índia (77% e 69%, respectivamente).Hoje, em 2018, cinco anos depois, um estudo realizado pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), mostra que bem menos empregos provavelmente serão destruídos pela Inteligência Artificial e pelos robôs.

Os números nos Estados Unidos devem cair para cerca de 10% e no Reino Unido para 12%. Ainda assim, este cenário mostra o quanto devemos estar preparados para essas mudanças que já estão ocorrendo e tendem a ficar cada vez mais constantes.”

Não há dúvida que as profissões e posições serão impactadas, mas é preciso ver que muitas oportunidades surgirão também.

Esse é o mesmo conceito do profissional mais velho: tudo depende da forma como as pessoas reagirão e se adaptarão a essas necessidades.

São realidades que já estão aí e que demandam ajustes imediatos que passam pela educação continuada.

De acordo com a Cornell University, de 2015 a 2020 o ranking da Fortune 500  será totalmente renovado. Na época de 1920 o tempo de vida médio de uma empresa na lista das 500 maiores da S&P  era de 67 anos, agora é de apenas 15, de acordo com a Yale University, dado que destaca a importância de negócios se renovarem continuamente se não quiserem ficar para trás.

Portanto, veja que talvez esse seja o melhor momento para você se reinventar.

Talvez não haja mais muita demanda no que você fazia, mas há um novo mercado se abrindo com oportunidades que podem vir a lhe trazer mais prazer e propósito de vida.

O importante é que esteja aberto e preparado para ampliar seus horizontes.

Pode ser apenas um segmento diferente, como pode ser uma vontade de empreender. Muitos são os caminhos e essas múltiplas possibilidades são libertadoras e excitantes.

Repense os modelos do passado e ouse viver outras experiências. Talvez uma vida mais autônoma, sem tantos laços seja um caminho instigante.

Compartilhe suas experiências!

Engaging. Sua rede social de empatia.

Estamos Juntos!


Compartilhe!
Share This Post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>