Vamos começar a organização?

Livros bagunçados
Imagem de Eli Digital Creative por Pixabay

A organização é uma das competências que nos ajudam a conquistar o que queremos tanto na vida pessoal como na profissional.

Desenvolvê-la é um desafio para muitas pessoas, mas se começarmos devagar e com pequenas ações, conseguiremos observar os ganhos da organização.

Essa competência pode ser utilizada em várias situações.

Vamos começar com o primeiro passo, pois ele é o mais tranquilo de ser feito: organize seu local de trabalho, sua mesa especificamente.

Elimine objetos que não são usados diariamente, mantenha sobre a mesa somente o necessário.

Tem muito papel? Por que tem tanto?

Jogue fora o que você não usará mais e coloque o restante em uma pasta.

Uma dica importante: pegou um documento na mão, mas não pode lidar com ele agora, guarde para depois.

Pegou o mesmo documento uma segunda vez? Resolva! Não guarde para mais tarde.

Assim que terminar a mesa, passe para a gaveta e faça a mesma coisa.

Agora que você tem espaço vazio na mesa, fica mais fácil de passar para a próxima etapa: o que você precisa concluir esta semana?

Faça uma lista de tarefas para não se esquecer de nada.

Nessa lista, tem algum item que se você resolver, vai te ajudar a chegar em um objetivo principal? Se não, coloque pelo menos um item!

Muitas pessoas trabalham muito, mas ao final do dia tem o sentimento de que não foram produtivas.

Um dos motivos é porque elas não realizaram nada naquele dia que as ajudaram a chegar mais próximo de um objetivo principal.

Com a lista pronta, estabeleça as 3 prioridades do dia (incluindo a que vai te ajudar a chegar no objetivo principal).

Organize o seu dia para concluí-las.

Dica: se for possível, olhe o e-mail somente depois disso. Se não for possível, responda primeiro os e-mails de maior urgência.

Lide com os outros depois de resolver as prioridades.

Chegou algum colega para pedir alguma informação? Diga que assim que você acabar as prioridades, o ajudará com a informação.

Saber dizer não vai te ajudar muito na organização. Isso não é egoísmo. Uma vez que você diz não ao outro, você está dizendo sim para quem?

Depois de fazer tudo isso, se pergunte:

  • Como eu era antes da organização e como estou agora?
  • Isso está me ajudando ou atrapalhando?
  • A longo prazo isso irá me fortalecer ou enfraquecer?

É fundamental pararmos e repensarmos o que temos feito para sairmos do automático e obtermos resultados melhores.

A organização parece algo simples e de pouca importância, mas a partir do momento em que se cria uma rotina organizada, começaremos a enxergar inúmeros benefícios e ganho de produtividade.

Lívia Netto

 

 

 

Compartilhe este post com seus amigos:
Dê sua opinião:
1 0

Comente!

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese