O seu espelho te conta verdades ou mentiras?

Homem se olhando no espelho
Imagem de ymcarussia por Pixabay

Passamos anos de nossas vidas nos preparando para ter uma profissão que nos proporcione o sustento e os sonhos almejados desde muito cedo.

Investimos grande parte da nossa juventude e início da vida adulta a consolidar esse investimento.

A certa altura, pensamos estar finalmente prontos e capazes de seguir sem sobressaltos, afinal já somos experts, já temos uma rede de relacionamento forte e adquirimos a experiência que entendemos necessária para ser uma referência no assunto.

Essa sensação, embora prazerosa, pode ser o início de muitos problemas.

A sensação de estabilidade pode ser traiçoeira.

Ao nos pensar como pessoas que já estão prontas, deixamos de crescer, de investir em novos conhecimentos.

O umbigo fica muito grande e nos tira a visão do todo.

Um dos piores erros de um profissional é esse. Ao pensar que temos algo, deixamos de ser muito mais e começamos a atrofiar.

Quem se vê num eterno estar, vai se adaptando e buscando evoluir com o mundo.

Quando não nos apegamos em um cargo, uma empresa ou profissão, conseguimos nos reinventar mais facilmente.

E a maioria de nós precisará fazer isso em algum momento da vida.

Com certeza, será sempre desafiador, mas aquele que tiver mais mobilidade e abertura para essa eterna construção, sofrerá menos.

Infelizmente a pessoa que vemos no espelho e a quem chamamos de “EU” não é a mesma que nosso interlocutor reconhece.

O outro vê nossas falhas e arrogância com mais nitidez e isso é natural porque dificilmente alguém “consegue ver o próprio rabo”.

O que precisamos trabalhar é a escuta e a aceitação.

Estar aberto a isso facilita a retomada pois ter alguém que nos diga a verdade é duro, mas importante.

Assim, mais conscientes, podemos ir atrás do que nos falta, do que ignoramos precisar ao longo da jornada.

Preencher essas lacunas nos fará bem. Independente de usarmos ou não os novos conhecimentos, teremos mais confiança e humildade para nos ver como pessoas em constante transformação.

No final, é isso: nunca estaremos prontos. Somos seres em crescimento e sempre poderemos melhorar em algum aspecto.

Assim como na fábula, o espelho nem sempre nos diz a verdade. Mas a vida, sim!

 

Claudia Taulois

 

Artigos relacionados:

Compartilhe este post com seus amigos:
Dê sua opinião:
1 0

Comente!

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese