Eu me amo! E você?

Mãos em formato de coração
Image by Photo Mix from Pixabay
Compartilhe!

 

João ganhou um livro que continha dicas importantes para conseguir algo que almejava fortemente.

Ele logo se empolgou entendendo que seus problemas estariam resolvidos após adquirir aquele conhecimento.

Abriu a primeira página, leu algumas mais e percebeu que não havia uma receita de bolo.

Seria necessário fazer algumas coisas para as quais não tinha disposição.

Será que não haveria um caminho mais fácil?

Largou o livro mas continuou a lamentar-se de sua má sorte e infelicidade em não conseguir o que queria.

Algumas semanas depois encontrou a pessoa que lhe dera o presente. Tentou esquivar-se sem graça, mas não foi possível.

O amigo sorridente veio em sua direção.

– Oi João. Como está?

– Não muito bem. Não tenho mesmo sorte. Nada mudou.

– Puxa, sinto em saber. Mas você leu tudo? Seguiu as orientações?

– Eu comecei a ler, mas era preciso fazer muitas coisas e eu não tenho animo e nem condições…e não acredito que essas coisas mudem minha realidade. Tudo historinha para vender livro…

O amigo continuou a fitar-lhe sem dizer nada. Nesse momento outra pessoa aproximou-se deles e deu um caloroso abraço em Pedro.

– Olá Pedro! Tudo bem? Que satisfação em vê-lo! Eu estou muito feliz e agradecido com sua ajuda ao me presentear com aquele livro. Segui as recomendações e já vejo resultados. São sementes de esperança! Consegui enxergar como estava sendo displicente em alguns aspectos.  Mudei meu comportamento e minhas ações. Sei que as coisas virão com o tempo, mas já saí da inércia.

João arregalou os olhos e ficou escutando a conversa.

– Que excelente notícia José! Faço votos pra que tudo caminhe bem.

– Estou bastante confiante. Emprestei a outro amigo e ele também está otimista. O importante é sair da zona de conforto. Fazer o que nos cabe com entusiasmo. O resto o universo se encaminha a seu tempo.

– Bom vê-lo assim.

Os dois continuaram a conversa animadamente enquanto João deu uma desculpa e foi embora.

Chegando em casa, pegou o livro e decidiu recomeçar a leitura com o propósito de seguir as orientações fazendo sua parte.

A simples decisão de voltar a ler com determinação e mais crença lhe deu outra disposição para seguir firme e buscar seus objetivos.

Entendeu que por mais difícil que as coisas sejam, reclamar não mudaria nada.

É preciso mudar a maneira de encarar a vida e fazer os ajustes necessários para que as oportunidades apareçam.

A verdade é que podemos ser qualquer um dos personagens acima e viver com as dores e alegrias dessa escolha.

Ninguém pode nos mudar. Somos os únicos responsáveis.

Cuide de seus interesses e de seu desenvolvimento.

Obstáculos fazem parte e não há vergonha em tropeçar.

Peça ajuda e saiba aceitá-la também. Mostrar sua vulnerabilidade só lhe fortalecerá.

Ame-se mais. Cuide do seu equilíbrio físico, emocional e espiritual.

Uma pessoa que se ama tem uma autoestima boa está mais preparada para enfrentar os momentos difíceis.

#Estamosjuntos

Claudia Taulois

 

Artigos relacionados:


Compartilhe!
Share This Post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>