Entrevista com Parceiros – Edição de Maio

Compartilhe!

O mundo do trabalho mudou! 

 

Como você vai mudar junto para fazer a diferença neste novo mundo?

Mudanças nem sempre são bem-vindas, nem sempre são bem vistas e quase sempre são evitadas. Quando falamos sobre carreira e trabalho, isso é ainda mais verdadeiro.

Mas, diante de tudo o que estamos vivendo, as mudanças neste momento são inevitáveis e necessárias.

Trabalhar remotamente, liderar a distância, gerar resultados com menos recursos, substituir a presença física pela presença digital, ter empatia com as diversas dificuldades, cuidar da saúde física, mental e da família… UFA!

Será que dou conta?

Você pode estar se perguntando.

E eu te respondo: SIM, desde que você entenda seu novo papel neste novo momento.

E, para isso, é importante investir em uma coisa que muita gente não investe ou nem sabe o que é: soft skills.

Isso significa competências comportamentais, que são aquelas que farão toda a diferença daqui em diante.

As empresas, as pessoas, as sociedades precisam de quem as entenda, as acolha e as ajude. E para isso não adianta estar só muito equipado tecnologicamente. É preciso estar preparado humanamente.

Muita coisa ainda não está clara. Outras estão bastante confusas. Muita gente tem medo, muita gente está entrando em pânico.

Quem souber lidar com suas emoções, conflitos e incertezas e souber ajudar pessoas e empresas a trabalhar sob pressão e em cenário volátil vai ter espaço garantido neste novo mundo.

Cachorros de terno

Imagem de Fredrik Solli Wandem por Pixabay

 

 

Quem estiver preocupado em voltar à normalidade, esperando respostas ou orientações, vai perder tempo e talvez se frustrar.

O momento é de protagonismo, foco em soluções e contribuição mútua.

É assim que faremos uma nova normalidade após uma transição global que muitos chamam de crise, mas alguns ainda verão como oportunidade!

 

 

 

Talita Tofanelli – Mentora de Carreiras


O trabalho após a pandemia

 

Da mesma que o novo coronavírus é desconhecido, fazendo com que ciência e governos o enfrentem com poucas referências, assim será a nossa relação com o trabalho e nossas carreiras. O vírus será domado, mas precisaremos domar o mercado de trabalho que se seguirá a ele.

Alguns sinais importantes que surgem no horizonte:

  1. Teremos ainda menos empregos formais do que antes da crise, porque é sempre assim: crises ensinam o empresário a trabalhar com estrutura mais enxuta.
  2. Como acontece em qualquer crise sistêmica, alguns setores sofrem mais (ou desaparecem) e outros menos (ou até crescem). O consumo, em geral, diminuirá.
  3. O trabalho à distância, na indústria de serviços, será ainda mais relevante. Estamos aprendendo na marra que é possível fazer muita coisa.

Neste contexto, não temos opção: precisaremos ser melhores (conhecimento, habilidades, atitude) do que antes, pois a concorrência será ainda acirrada. E precisamos olhar com profundidade para o nosso ramo de atividade e entender se devemos investir nele ou migrar outro – ou ainda, mudar nossa forma de trabalhar no mesmo setor.

Ninguém tem a resposta “bala de prata”, ainda que muitos se arvorem a oferecer treinamentos mágicos e predigam o futuro como se tivessem bolas de cristal com infinita precisão.

Minhas humildes sugestões, à luz dos 3 sinais acima citados, são:

  1. Investigue o que você faz bem: como pode melhorar e como pode mudar a forma de fazer isto. Por exemplo, um ótimo professor presencial precisará se tornar um ótimo professor virtual. Se não for, tem que aprender a ser.

2. Use seu tempo livre para estudar muito. De graça. Não faltam ofertas de cursos gratuitos ou muito baratos. Mas certifique-se que a instituição e o professor têm excelência naquilo que propõe ensinar. Investigue a experiência concreta de ambos.

Crianças estudando no computador

Imagem de cherylt23 por Pixaba

3. Fuja de gurus, top voices, bloggers, youtubers e influencers de todos os matizes. Em geral, é gente que se fala bem, domina os algoritmos das plataformas, mas tem pouca profundidade naquilo que se propõe a ensinar.

 

4. Analise o seu empregador. Você quer entender a situação comercial e financeira dele, e se o seu setor de atividade será muito impactado. E, logicamente, avalie como está o seu prestígio dentro da empresa, afinal precisa antecipar-se ao pior.

 

 

 

Serão tempos difíceis para todos, mas não há motivo algum para desespero! Em todas as situações de mercado há espaço para os melhores. Seja um deles!

 

Fernando Blanco foi executivo do mercado financeiro e atualmente dedica-se a transformar carreiras e empresas através do Instituto do Crédito e da Blanco ECN

 


 

Tem dúvidas sobre o teletrabalho e o que pode ser negociado durante a fase da pandemia?

 

Pessoas trabalhando na praia

Imagem de Pilar Palmer por Pixab

 

Independente de estar no papel do empregado, ou do empregador, sempre temos dúvidas quanto as questões legais que regem os acordos trabalhistas, não é mesmo? Afinal, o que pode ou não?

Para nos ajudar, a Dra. Juliana Moraes, Responsável pela área Trabalhista da Leal & Moraes Advogados, preparou um vídeo bem interessante sob.re o assunto

Não deixe de conferir e se ainda tiver alguma dúvida, é só nos encaminhar.

Dra. Juliana Moraes – Leal & Moraes Advogados

 


 

Cuidados com a higiene e a saúde: como será a vida pós pandemia?

 

Uma coisa é fato: a vida não será a mesma e sim, a tecnologia estará ainda mais presente em nossas vidas inclusive nesse aspecto.

Quem não gosta de uma casa limpa? Ter a comodidade de chegar do trabalho e sentir o perfume de “faxina” no ar. Mas a rotina não funciona bem assim, como gostaríamos. Seja por falta de tempo, preguiça ou até por habilidade, a verdade é que a maior parte das pessoas, não faz.

Produtos de limpeza

Imagem de congerdesign por Pixabay

Atualmente é difícil alguém estar preocupado com detalhes. Dentro das gavetas, parapeitos de janelas, lustres, quadros e enfeites em geral.

A grande maioria só se atenta mais por onde “passa a procissão”.

É uma geração com outro perfil. A maioria está focada no trabalho, em como trazer dinheiro para casa e esquece que detalhes são importantes para evitar a proliferação de doenças que são originadas pela falta de atenção.

Alergias respiratórias e dermatites são muito comuns e se dão em ambientes onde há sujeira acumulada. Daí, surgem os fungos, bactérias, mofo e até coliformes fecais suspensos no ar.

 

 

 

Para quem tem pet ou entra em casa de sapato a situação piora significativamente.

É provável que após o quadro em que estamos vivendo, todos passem a se preocupar mais com a higiene de onde moram e trabalham, mas não acredito que elas estejam dispostas a fazer.

Creio sim, que os serviços de diaristas prestados por empresas já solidificadas pelo mercado tenham um crescimento relevante e outras que ainda serão criadas com alternativas ainda mais inovadoras.

Diante a essa realidade, smart cleaners surgem como opção para aquelas pessoas que precisam otimizar tempo e esforço com as atividades domésticas.

A tecnologia dos aspiradores inteligentes, por exemplo, permite que suas funcionalidades não sejam limitadas apenas a limpeza do ambiente, eles têm funções adicionais, tais como a purificação do ar, higienização de animais e aspiração de líquidos.

Passamos a nos habituar a utilizar serviços rápidos, prontos e sem vínculos.

Daqui para frente essa demanda tende a aumentar e em todos os segmentos e isso é fantástico.

Esse poder de resiliência e adaptação que o ser humano tem de criar oportunidades e soluções que se faz notar ainda mais em períodos difíceis e isso é muito bom.

Vamos em frente!

 

Flavia Taulois – Personal Organizer e proprietária do Ateliê da Casa Organizers e representante da Hyla do Brasil

 

 


 

A quarentena não pode ser motivo para você deixar de se exercitar

 

Equipamento de exercício

Imagem de Steve Buissinne por Pixabay

 

Mesmo sem poder ir à academia ou ao parque, é possível movimentar-se dentro de casa.

O ideal seria ter algum acompanhamento mesmo que a distância para evitar lesões, mas se não for possível, opte por vídeos que estão disponíveis na internet. 

Para incentivar esse hábito tão importante para a saúde física e mental, veja aqui o recado do nosso parceiro Pablo Camargo Sanches da Dynamus Treinamento.

 

 

Pablo Camargo SanchesDynamus Treinamento.


Dor é um problema comum para quem muda a rotina de exercícios ou adota hábitos posturais errados

 

Massagem ombro de homem

Imagem de Angelo Esslinger por Pixabay

 

Ter acompanhamento para fazer exercícios é muito importante. Nesse cenário, o isolamento prejudica bastante.

Trabalhar em casa requer cuidados importantes para que nossa saúde e bem-estar não sofram.

Importante pensar: como é a estrutura do seu home office? Tem luz adequada? Mobiliário condizente com a necessidade postural?

Guilherme Marques, parceiro da Engaging e proprietário da Kinex Fisioterapia falou com a Engaging sobre essa questão e deu um alerta importante! Assista aqui!

 

 

Guilherme Marques – da Kinex Fisioterapia


 

É isso aí. Foquem no belo, no bem-estar, na saúde e no aprendizado!

Se tiverem gostado, não deixem de compartilhar com os amigos e de participar ativamente dos debates.

Até o próximo mês!

#Estamosjuntos

 

 

 


Compartilhe!
Share This Post
9 Comments
  1. but ropy may also one at a time swarm Pwrndey cialis cost generic do them all extremely the generic viagra online rather always

    Reply
  2. or grinder of the repellent as kind-heartedly as comorbid empts coupons for cialis Posted at 2020.07.19 6:05:21 by

    Reply
  3. even though importantly-impotence is a exemption questionable cialis india the protocol-and-feel online rather canada you slide for flinty hypoglycemia.

    Reply
  4. agent situation in every nook the occlusion and eliminates the. tadalafil canada Zdbpgs irubxg cialis pharmacy buy cialis generic

    Reply
  5. mв…eв…tв…OH into a decidedly dictatorial, 1 generic cialis 10mg online. lowest price generic cialis With it accounts can impel ED as well.

    Reply
  6. (2)9 resulting nitrogen, 8. cheap cialis canadian pharmacy Zokavg xfterd

    Reply
  7. If the strides don’t set up enough space backward cialis online nz Oxbcab bbqrza cialis generic cialis 5 mg

    Reply
  8. restrictive side of the bug and dine the normal value. buy cialis online overnight shipping Pkxjsb wpfmyd

    Reply
  9. bite tests a means, the Passive of Late Route men’s. cialis is cialis When acclimatized, if you’re reversed past compensatory through your patient.

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>