Diagnóstico: Vida em Equilíbrio

Folhagem seca de outono na grama
Imagem de _Alicja_ por Pixabay
Compartilhe!

O equilíbrio é fundamental para uma vida de harmonia.

Durante nossa existência passaremos por inúmeros altos e baixos, ciclos que se alternam e nos fazem refletir sobre o momento atual e o futuro.

Somos constantemente impactados por questões que afetam nosso equilíbrio. Exs: crises pessoais, descontrole financeiro, perda do emprego, estagnação na carreira, falta de propósito, problema de saúde e etc.

Quando algo se desequilibra em função de problemas internos ou externos, nem sempre conseguimos fazer uma boa análise da situação.

Ao postergar uma investigação que vise a causa do problema, demoramos mais tempo para encontrar a solução adequada.

Muitas vezes ficamos tão estagnados que nem entendemos exatamente qual é o nosso ponto de maior fragilidade.

Fazer as perguntas certas e uma reflexão mais detalhada pode nos dar as pistas necessárias para que possamos fazer os ajustes que nos coloquem de volta no jogo.

Em algumas situações, após esse diagnóstico, conseguimos seguir sem ajuda externa.

Mas em muitos casos essa retomada não é tão simples.

O importante é saber aonde está “vazando o óleo” e chamar o profissional adequado para o reparo.

Às vezes o problema está apenas em um dos pilares. Em outras, somos afetados em todos os pontos de sustentação e nessa situação é geralmente mais difícil conseguir resolver tudo sem ajuda.

Aspectos essenciais e que dão equilíbrio para a vida das pessoas: emocional, organizacional e prático (ação).

  • Família: casamento e os filhos
  • Parentes
  • Amigos
  • Saúde física e emocional

 

  • Cultura, formação
  • Espiritualidade
  • Relações sociais, lazer

 

  • Trabalho, carreira
  • Prosperidade financeira
  • Propósito

Cada indivíduo prioriza um aspecto, que pode também mudar de importância ao longo da vida.

Rever nosso posicionamento, fazer ajustes e mudanças faz parte.

Nem sempre teremos todas as respostas e as certezas que gostaríamos.

As dúvidas e incertezas podem ser fruto de um momento mais difícil.

Alguns fatores como falta de perspectiva, equilíbrio, autoestima, preparo, organização financeira podem agravar essa situação.

Assim, precisamos estar sempre vigilantes para que nossas escolhas sejam feitas em bases sólidas.

 

Diagnóstico:

Com o nosso diagnóstico você pode ter mais elementos para avaliar seu momento.

O foco aqui é a Carreira e o Trabalho, mas levando em conta as questões emocional, organizacional e prática que acabam afetando todos os aspectos essenciais.

Está tudo interligado.

Veja aqui. 

Dicas importantes:

Sofrer faz parte. Não há vergonha. Chore, coloque para fora. Permita-se sentir sua dor.

Passado um tempo, é preciso reagir.

Olhar para dentro. Fazer o diagnóstico e se precisar de ajuda, pedir sem vergonha ou medo. Quanto antes, melhor.

Quanto antes você enfrentar a realidade e olhar o problema de frente, mais rapidamente estará em condições de retomar sua rotina da forma que almeja.

O ciclo de dor vai passar. Mas é preciso enfrentar as fragilidades e curar os pontos vulneráveis.

Para isso, autoconhecimento é fundamental.

Tudo é processo. Não tenha medo.

Faça uma boa lição de casa: organize a vida, as finanças e os estudos para que o processo seja menos traumático e conduzido de forma assertiva.

Abrir a cabeça para o novo é essencial. Aceitar as mudanças, focar nos pontos fracos e reinventar-se são pontos essenciais.

Ação:

Se ainda assim, não ficar claro, invista numa investigação mais profunda, agendando um horário com profissionais específicos para avaliar todos os seus lados: emocional, organizacional e prático.

Temos parcerias com vários profissionais e você pode ter acesso a uma consulta com os mesmos. Veja aqui.

 

Estamos juntos!

Artigos relacionados:

O que está lhe incomodando?


Compartilhe!