Design Thinking e a sua carreira – Potencializando suas chances com novos conceitos e ideias.

Pessoas trabalhando com material de design thinking
Foto:Pixabay
Compartilhe!

O Design Thinking ajuda a entender de forma completa as reais necessidades de uma demanda, transformando-a em uma solução inovadora, criativa, que atenda a expectativa e que seja usual para o seu público.

Para analisar uma necessidade você passará por 4 passos:

* Imersão: entender a necessidade de diversos pontos de vistas utilizando a pesquisa com o seu público. Com as informações coletadas criam-se insights com reflexões e conclusões, ou seja, insumos para o próximo passo.

* Análise e síntese: agora é a fase de analisar o que foi coletado, entender os padrões e compreender a necessidade.

* Ideação: hora de desenvolver o produto/serviço partindo, não de pressuposições ou análises estatísticas fria, mas das reais necessidades que o consumidor final tem.

* Prototipação: validar o serviço/produto com o seu público. Nessa fase não é preciso fazer algo totalmente estruturado, mas um protótipo que simule como será. Após a análise do público, corrigir os pontos necessários, refazer a idéia, conceito, se necessário, e somente após, colocar em produção.

No resumo, o Design Thinking é utilizado para testar soluções antes do lançamento. Assim é possível testar com pouco custo e tempo se a solução desenhada realmente servirá para o seu público.

Esse método pode ser usado no ambiente profissional, mas também no seu processo de recolocação profissional, você sabia disso? Veja como você pode aplicar:

* Imersão: aqui você busca o máximo de informações para entender o que é a vaga e a empresa. Se colocando no lugar de quem criou a vaga e o que ela busca. Entender o histórico da empresa, buscando esses dados em todos os canais possíveis. Saber como funciona a gestão e todos os aspectos da empresa;

* Análise e ideação: agora você precisa analisar os dados coletados, entender qual o tipo de profissional que se encaixa nessa vaga. Olhar seu histórico profissional e entender se essa vaga é para você.

* Prototipação: converse com profissionais do ramo, amigos e parentes, explique o conceito da vaga e da empresa, sua análise do seu currículo e perfil. Colha as percepções e feedbacks recebidos. Agora é com você! Se a vaga se encaixa no seu perfil, vá em frente e se candidate a ela.

O Design Thinking te ajuda a pensar de forma estruturada se uma vaga realmente se encaixa nos seus propósitos profissionais, perfil e o que espera para o seu futuro.

Atirar para todos os lados e se candidatar em todas as vagas não é saudável, pois quando não passar em um processo (que realmente não estava no seu perfil), ficará frustrado e emocionalmente abalado.

Quando chegar a oportunidade certa, pode não estar preparado emocionalmente para ser aprovado.

Não deixe a oportunidade passar, seja consciente em suas escolhas profissionais e no futuro que espera para a sua carreira.

Ronaldo Cerqueira


Compartilhe!
Share This Post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>