Como superar a procrastinação?

Leoa com preguiça deitada em tronco de árvore
Foto:Pixabay
Compartilhe!

A procrastinação é o pesadelo para muitas pessoas, não é?

Às vezes temos algo para fazer e vamos deixando para depois, empurrando com a barriga, até alcançar o limite e quando ele chega temos duas opções: fazer ou esquecer e por fim, aceitar as consequências.

Se você resolveu fazer, ali no limite, provavelmente a tarefa não ficará com a mesma qualidade que ficaria se você tivesse começado lá atrás, certo?

E se você esquecer, provavelmente terá que enfrentar consequências desagradáveis. Mas como então encontrar motivação para fazer as coisas no tempo certo e evitar a procrastinação?

Vamos dividir em duas situações:

A primeira situação são as tarefas/ações que tem um prazo para serem feitas.

Por exemplo um trabalho de pós-graduação onde o professor nos dá 1 mês de prazo para entrega.

Se começarmos a fazer de imediato, teremos tempo hábil de fazer uma pesquisa completa e de escrever um trabalho com qualidade.

Por outro lado, se deixarmos para a última semana, não teremos tempo hábil de fazer uma boa pesquisa e entregaremos um trabalho mal feito.

A segunda situação são as tarefas/ações que não têm um prazo necessariamente, como por exemplo: tenho que fazer um intercâmbio para me tornar fluente e poder realizar o meu sonho de ser professor de inglês.

Ou, quero iniciar minha dieta para perder 20kg e me tornar uma pessoa saudável.

Ninguém estipulará um prazo para você. Você mesmo que determinará quando será feito!

Agora olhem o impacto da 1ª situação e o da 2ª situação em sua vida.

Na primeira, o que pode acontecer é você entregar um trabalho mal feito, tirar uma nota baixa e talvez ter que refazer a matéria.

Já o segundo, se você procrastinar o intercâmbio, seu nível de inglês não evoluirá e você postergará o seu sonho de ser professor de inglês e daqui alguns anos você vai olhar para trás e ter se arrependido por não ter começado.

Com a dieta é a mesma coisa, se for postergado, você continuará uma pessoa com a saúde prejudicada e isso a longo prazo vai se agravando.

O que gostaria de concluir aqui é que para tudo tem um jeito e se você não fez, não foi por falta de tempo ou por qualquer outro motivo, mas sim porque não era sua prioridade!

A partir do momento que estabelecemos prioridade e nos planejamos para fazer, as coisas acontecem!

Olhe agora nos planos e sonhos que você tem postergado por não ter um prazo ou porque são grandes demais.

Transforme eles em mini metas e comece pequeno, comece e termine as coisas que são mais fáceis e assim você vai criar um hábito de início e fim!

O nosso cérebro se adapta a tudo, isso se chama neuroplasticidade.

Mudar não é fácil, mas com pequenas ações, conseguimos grandes transformações!

Lívia Netto


Compartilhe!
Share This Post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>