Como reagir a um feedback negativo?

Feedback escrito em giz num quadro negro

O que geralmente é analisado em um feedback?

Tanto receber como dar um feedback é extremamente importante no ambiente organizacional para que as pessoas saibam claramente se estão desempenhando um bom papel ou não no dia a dia.

Geralmente o feedback é dado durante as conversas de avaliação de desempenho, momento em que gestor e funcionário sentam e analisam tudo que foi feito no semestre ou no ano e apontam o que foi bom e o que pode ser melhorado.

Além desse momento de avaliação, tem gestores que preferem dar um feedback instantâneo.

Tanto um como o outro são importantes para o funcionário, desde que seja feito da maneira correta.

Um bom feedback deve ser dado de acordo com cada situação e com exemplos do que já aconteceu, assim fica mais fácil do profissional enxergar exatamente onde errou e, portanto, pode-se criar um plano de ação para fazer diferente da próxima vez.

Outro ponto importante é que feedback não é somente para apontar o que não está indo bem, é fundamental mostrar ao profissional que ele está desempenhando um bom papel e quais os principais motivos e comportamentos que estão contribuindo para isso.

Essa é uma forma do gestor reconhecer o bom trabalho de seu funcionário.

Falando em feedback no geral, esse é um momento para analisar as situações que aconteceram e apontar o que funcionou e o que não funcionou.

Quais comportamentos foram positivos e quais foram negativos e quais são os próximos passos para não repetir o erro.

Para que essa conversa dê certo é importante preparo tanto do gestor como do funcionário, pois ambos têm papéis fundamentais nessa conversa.

Diante de um feedback negativo, qual deve ser a postura do profissional?

Dar um feedback muitas vezes não é fácil dependendo da situação e receber um feedback também é desconfortável para algumas pessoas, por isso é fundamental que o gestor esteja preparado para fazê-lo.

Uma vez que há preparo, o gestor consegue dar o feedback de maneira tranquila para que o receptor também receba a mensagem tranquilamente, porém cada pessoa age de um jeito.

Primeiro de tudo, ouça o que o seu gestor tem a dizer e compreenda as razões pelas quais você foi chamado para essa conversa.

Uma vez que você dá a devida atenção à mensagem você consegue entender por completo o que está sendo passado.

Depois de ouvir, faça perguntas, caso tenha alguma dúvida, porém é fundamental não ficar na defensiva, ou seja, não fique apontando culpados. Deve-se assumir o erro, dentro da parte que lhe cabe.

Depois, quando houver espaço, explique o por que agiu daquela forma e proponha uma forma de melhorar da próxima vez.

É importante não levar a conversa para o lado pessoal.

Tenha em mente que o objetivo do feedback negativo é apontar o que não foi legal e também encontrar soluções para que o erro não se repita.

Use essa conversa para aprender.

Cada empresa tem a sua personalidade e as vezes o que é bem visto que uma, não é tão bem visto em outra, por isso entenda o meio em que você está inserido.

Por fim agradeça, pois se você fez algo que não agradou e ninguém te falou isso, a chance de você repetir o erro é grande, portanto pode acarretar problemas no futuro.

Por fim, em algum momento da carreira iremos receber um feedback negativo, por isso é importante estarmos preparados e sabermos como reagir a esta situação.

Ficamos chateados assim que recebemos esse tipo de feedback, pois não gostamos de errar, não é verdade?

Mas isso é algo natural e que com certeza nos ajuda a crescer como pessoa e profissional.

Lívia Netto

Compartilhe este post com seus amigos:
Dê sua opinião:
0 0

Comente!

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese