Como fazer uma boa avaliação de desempenho?

Imagem: Pixabay

A avaliação de desempenho é um documento formal que tem o objetivo de registrar a performance do funcionário durante certo período.

Fornece ao indivíduo uma direção do que se espera dele, informando como está desempenhando suas tarefas e pontuando tanto os aspectos positivos como os negativos. Deve observar o passado e orientar para o futuro alinhando os objetivos da organização e do indivíduo.

Muitos gestores não sabem a importância dessa conversa para o funcionário, portanto acabam fazendo de maneira rápida, superficial e sem exemplos, dificultando assim o entendimento do funcionário a respeito do que se espera dele e das competências que precisa desenvolver para crescer na organização.

Para que a avaliação seja feita de forma clara e objetiva, é necessário que o gestor observe alguns passos importantes:

  • Leia o formulário de avaliação de desempenho com muita calma e tenha certeza de que entendeu todos os pontos;
  • Peça primeiro para o funcionário se auto avaliar preenchendo o formulário e anotando as observações. Dessa forma fará uma reflexão sobre a própria performance e facilitará a conversa de feedback;
  • Pegue o formulário e passe item a item registrando na escala o que você achou da performance do seu funcionário naquele cenário. Se foi regular ou ruim, justifique a sua resposta anotando exemplos em que observou que o funcionário não agiu como o esperado. Se a performance foi muito boa, justifique também com exemplos. Dessa forma, o funcionário saberá claramente o que está fazendo de positivo e negativo;
  • Faça uma análise geral daquele funcionário e um resumo do período avaliado;
  • Durante a conversa de feedback, comece de forma descontraída, pois quando o gestor chama para este momento, o funcionário não fica muito confortável, gera certo estresse, aumenta o cortisol no organismo, a pessoa fica em alerta e qualquer ponto negativo pode ser motivo de ameaça;
  • Pergunte primeiro qual a percepção dele sobre o próprio desempenho no período avaliado;
  • Feito isso, passe o seu ponto de vista, começando pelos pontos positivos e depois os negativos, citando os exemplos descritos;
  • Ao final, verifique a expectativa do funcionário para os próximos meses e alinhe com as da empresa. Defina as metas e como serão medidas e por fim, escreva as competências que precisam ser desenvolvidas para obter o cargo desejado ou para evoluir de alguma forma nos próximos meses.

Com uma boa avaliação de desempenho feita, tanto gestor como funcionário têm mais clareza do que se espera do futuro, promovendo assim um processo transparente e de crescimento para a equipe e organização.

 

Lívia Netto – Consultora de RH e Coach

Share This Post
Dê sua opinião:
0 0

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>