“A vida é cíclica. Repleta de altos e baixos. De sobe e desce. Alegrias e tristezas. Dores e refrigérios. Recomeçar não é fácil. Começar do zero, começar de novo. Começar a ser, retomar. Reconstruir após uma destruição. Refazer-se após perdas. Crescer em meio a adversidade. Dar frutos em terra seca. Recomeçar não é fácil, mas é preciso. É preciso sair da dor. Sair do luto. Se reinventar. Nascer de novo. Ressurgir das cinzas. É preciso SER para recomeçar. É preciso coragem para lutar. É preciso acreditar para avançar. Lute. Insista, mas não desista de si mesmo.” by Giancarla Costa

Há em cada Ser humano um conflito interno entre o presente, quem és hoje e o futuro, quem desejas ser. Esse conflito pode paralisar, cegar, desgastar física e emocionalmente o indivíduo, acarretando em sentimentos de angústia, culpa e inadequação. Aceitar que o ser humano está em construção na estrada da vida e que o tornar-se é um processo, alinha o ser com os objetivos, proporcionando saúde e paz interior.  É necessário aceitar a si mesmo hoje e buscar desenvolver-se para se tornar amanhã, sem comparações, sem culpas, sem medo de falhar, de errar, de aprender. Reconhecer que se está num caminho de aprendizado e que será necessário se defrontar com as próprias sombras. Não negar mais o que aflige, o que oprime, o que amedronta, o que tira a paz. Aceitar a si mesmo e desapegar das ilusões pode ser bastante curativo. Aceitar a realidade do mundo externo permite ajustar as expectativas para a construção de um novo ser.

Para se reconstruir, será necessário olhar para si. Olhar para o que precisa ser restaurado. Olhar para quem não se é mais. Tentar identificar a forma como se percebe, como se sente em relação a si mesma.  Observar os próprios sentimentos e emoções. Que tipo de pensamentos tem sobre si mesma. Como está a autoestima!? Como está a percepção de valor em relação a si mesma!?

RECONSTRUIR-SE NÃO É FÁCIL. É RECOMEÇAR A PARTIR DE RUÍNAS. É necessário restaurar estruturas como autoestima, autovalorização, autoconceito, autoimagem e autoconfiança.  Olhar para si com amor e cuidados. Se respeitar e principalmente aceitar o processo de reconstrução para se resgatar e se fortalecer. É hora de buscar forças

É hora de renascer das cinzas. É hora de se reconstruir. É hora de edificar em bases novas. É hora de SER UM NOVO SER.

O RECONSTRUIR-SE PRECISA SER FEITO A PARTIR DE UMA NOVA PERCEPÇÃO DE SI MESMA. Um processo terapêutico psicanalítico pode te auxiliar na reconstrução da autoestima, na percepção de valor próprio, no resgate da autoconfiança, na reconstrução da autoimagem e no amor próprio.

 

Giancarla Costa – Psicanalista, Especialista e Colunista da Engaging