Varinhas? Não! As fadas de hoje se preocupam em ajudar o próximo com estilo e criatividade!

 

A maioria das ideias e das preocupações surgem durante a madrugada e em época de pandemia não foi diferente.

Diante do fluxo da doença, do destino incerto da pandemia, da influência direta no desemprego e na economia me peguei diante da preocupação que sentia, com uma ideia de como ajudar as pessoas.

Nem todos possuem condições financeiras que permitam doações e transferências bancárias, às vezes em valores mínimos, mas quase todos precisam e querem ajudar alguém.

Uma das maiores mudanças desse cenário tem sido a necessidade de adaptação, as pessoas não têm a sua liberdade de forma irrestrita para irem aos seus empregos, mas precisam de fonte de subsistência, realizando seus trabalhos em casa, divulgando na internet e enviando-os diretamente para a casa do comprador e assim surgiu a “WORK HOME 2 HOME”.

A ideia é de integrar a necessidade do cliente com o vendedor, ou seja, funcionar como um catálogo online das lojas, empresas, marcas, ideias, curadorias que se implantaram nas redes sociais, buscando maior visibilidade e engajamento de forma simples e disponível, visando fomentar o trabalho diversificado e ajudar individualmente cada um daqueles que nos procuram, para que esses possam sobreviver à crise, ou até mesmo para que possam colocar em prática, sonhos que pareciam distantes.

Com o passar dos dias e as diferenças na rotina, eu, Jessica e a Michelle conseguimos dividir melhor as tarefas entre nós, até porque as meninas (Thaís e Giovanna) têm uma marca que demanda bastante atenção, embora estejam sempre conosco nessa empreitada, com muito amor.

Passamos a dividir quem iria responder às pessoas que nos procuravam para divulgar o trabalho e explicar como seria o método de divulgação, não escolhemos o trabalho. Todos ao nosso ver, merecem atenção.  Temos uma política de troca, as pessoas nos seguem, contam um pouco de sua história e nós escolhemos as fotos que serão postadas.

Precisamos dessa divulgação, em contrapartida, para justamente alcançar mais perfis e difundir nosso propósito: ajudar mais e colorir os dias com a diversidade de produtos em um ambiente leve e descontraído.

Conseguimos apoio de mais amigos do que imaginávamos. Foram diversos que compartilharam a ideia em seus perfis e nos divulgaram. Muitos vieram nos elogiar e agradecer, posso afirmar que meus dias mudaram.

Ocasionalmente, apresentamos também nossa proposta para uma ou outra marca que nos chama a atenção, pelo propósito, simplicidade, alguma característica diferente e a atenção da(o) dona(o) no contato conosco.

Fomos surpreendidas com a rapidez que algumas marcas nos ajudaram ao disponibilizarem cupons de descontos em nosso nome para nos ajudar como a Abricot e Ares. Além disso, marcas que já possuem bastante repercussão tomaram gosto e nos divulgaram com muito carinho, mostrando que ainda há muita humanidade mesmo após grande crescimento, a exemplo da LELAH da Mônica Mendes e da ALAMEDA Store da Felícia Sampy.

Estamos aqui para ouvir, aprender, compartilhar trabalhos, experiências e histórias, surgimos diante de uma crise pandêmica, mas pretendemos ficar. Acreditamos que a ajuda e o carinho são incessantes e não tem prazo de validade.

Jessica Pingeot

 

Parabéns Jessica Pingeot, Michelle Arter, Giovanna Lagreca eThaís Miano!

O mundo precisa de mais fadas como vocês!

#Estamosjuntas!